Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

Militares Do Zimbabue Negam Golpe De Estado E Anunciam Acao Contra Pessoas Proximas A Presidente


Fonte: oglobo.globo.com/mundo/militares-do-zimbabue-negam-golpe-de-estado-anunciam-acao-contra-pessoas-proximas-presidente-22071587

Militares assumem controle do Zimbábue, detêm Mugabe, mas negam golpe - Jornal O Globo Home menu Mundo Mundo Ir para a página Assuntos em Destaque Presidente do Zimbábue contraria expectativas e não renuncia Presidente do Zimbábue aceita renunciar após 37 anos, dizem fontes Publicidade Em destaque Militares assumem controle do Zimbábue, detêm Mugabe, mas negam golpe Segundo Forças Armadas, objetivo de operação é garantir segurança do presidente por O globo com agências internacionais 15/11/2017 3:56 / Atualizado 15/11/2017 15:49 Militares montam guarda em Harare, capital do Zimbábue - Tsvangirayi Mukwazhi / AP Publicidade HARARE — O clima segue tenso no Zimbábue nesta quarta-feira, depois que tanques e blindados foram avistados na capital, Harare durante a madrugada. Depois de rumores sobre um golpe de Estado em andamento no país, militares negaram que a ação estivesse sendo orquestrada. Segundo eles, o que ocorre na região é uma operação contra "criminosos" em torno do presidente Robert Mugabe, segundo agências internacionais. Veja tambémConforme informou a AFP, um comunicado foi veiculado na rede nacional de TV, após o relato de tiroteios e explosões na cidade. Na mensagem, os oficiais garantiram que a ação desencadeada em Harare não se trata de " uma tomada do governo por militares". O objetivo da operação, ressaltam, é garantir a segurança do presidente e de seus familiares. "Queremos assegurar à nação que sua excelência, o presidente (...) e seus familiares estão sãos e salvos, com sua segurança garantida", declarou um general. "O alvo são criminosos em seu entorno (de Mugabe) que estão cometendo crimes. Após cumprirmos nossa missão esperamos que a situação volte à normalidade". LEIA TAMBÉM: Soldados tomam ruas do Zimbábue após partido de Mugabe acusar chefe do Exército de traiçãoDurante a madrugada desta quarta-feira, testemunhas relataram terem ouvido tiroteios na região onde vive Mugabe. "Pouco antes das duas da manhã escutamos entre 30 e 40 disparos, durante três a quatro minutos, procedentes de sua residência", relatou à AFP um morador do bairro de Borrowdale. Publicidade Na segunda-feira, o comandante das Forças Armadas do Zimbábue, Constantine Chiwenga, realizou uma rara intervenção pública exigindo o fim daquilo que considera um “expurgo” do partido no poder, num desafio à autoridade de Mugabe. A legenda do presidente, a Zanu-PF — que na semana passada demitiu o segundo vice-presidente — acusara Chiwenga de traição. A situação incerta fez até os EUA pedirem que seus cidadãos se mantenham em locais seguros. Em comunicado, um porta-voz do partido disse que as declarações de Chiwenga eram “claramente calculadas para perturbar a paz nacional e sugerem uma conduta traidora de sua parte, com a intenção de incitar a insurreição”. A advertência do chefe das Forças Armadas e o crescimento da tensão surgem após a demissão do vice-presidente Emmerson Mnangagwa, que começava a ser apontado como o sucessor de Mugabe, de 93 anos, numa decisão vista como uma forma de abrir caminho ao poder à primeira-dama Grace Mugabe. Os presidentes há mais tempo no poderOPOSIÇÃO DEFENDE GOVERNONesta terça-feira, uma caravana de tanques e dois carros blindados foram avistados na principal estrada que liga Harare e a cidade de Chinhoyi — zona localizada a 20 quilômetros da capital. Outras testemunhas afirmaram que até quatro tanques deram marcha à ré quando chegavam a Harare, e seguiram em direção ao complexo da Guarda Presidencial, num subúrbio da capital. Os soldados foram abordados pela Reuters, na ocasião, mas se recusaram a prestar esclarecimentos. Publicidade O principal partido da oposição, Movimento para a Mudança Democrática (MDC), defendeu o governo após a ameaça do general. — Ninguém quer ver um golpe, não que eu esteja dizendo que haverá um golpe. Se o Exército assumir, isso não será desejável. Irá travar a democracia, e isso não é saudável para uma nação — afirmou o encarregado da Defesa do MDC, Gift Chimanikire, à AFP. Exército toma as ruas da capital do Zimbábue1 de 10AnteriorPróximo Publicidade Anterior Soldados tomam ruas do Zimbábue após partido de Mugabe acusar chefe do Exército de traição Próxima Sanções podem forçar presidente libanês a negociar com a Arábia Saudita Newsletter As principais notícias do dia no seu e-mail. Receber Já recebe a newsletter diária? Veja mais opções. Digite as letras da imagem: Receber TROCAR IMAGEM Quase pronto... Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter. Ocorreu um erro.Tente novamente mais tarde. Email inválido. {{mensagemErro}} Últimas de Mundo Especial Publicitário Prev Next Em destaque agora no Globo Mais lidas O conteúdo do Globo é exclusivo para assinantes. Porém, você é nosso convidado para ler 20 matérias a cada 30 dias no site. Tenha acesso ilimitado Assine agora Já é assinante? faça login Versão Mobile Voltar ao topo © 1996 - 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorizaç
... ++ Mais

TAGS:

Militares assumem controle Zimbábue detêm Mugabe negam golpe Jornal Globo Home menu Mundo Mundo para página Assuntos Destaque Presidente Zimbábue contraria expectativas não renuncia Presidente Zimbábue aceita renunciar após anos dizem fontes Publicidade destaque Militares assumem controle Zimbábue detêm Mugabe negam golpe Segundo Forças Armadas objetivo operação garantir segurança presidente globo agências internacionais 15/11/2017 3:56 Atualizado 15/11/2017 15:49 Militares montam guarda Harare capital Zimbábue Tsvangirayi Mukwazhi Publicidade HARARE clima segue tenso Zimbábue nesta quarta-feira depois tanques blindados foram avistados capital Harare durante madrugada. Depois rumores sobre golpe Estado andamento país militares negaram ação estivesse sendo orquestrada. Segundo eles ocorre região operação contra "criminosos" torno presidente Robert Mugabe segundo agências internacionais. Veja tambémConforme informou comunicado veiculado rede nacional após relato tiroteios explosões cidade. mensagem oficiais garantiram ação desencadeada Harare não trata tomada governo militares". objetivo operação ressaltam garantir segurança presidente seus familiares. "Queremos assegurar nação excelência presidente (...) seus familiares estão sãos salvos segurança garantida" declarou general. alvo

HTML Box Comentário está carregando comentários ...