Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

Estado Concede Licenca Previa Para Represa Em Botucatu


Fonte: www.jcnet.com.br/Regional/2018/06/estado-concede-licenca-previa-para-represa-em-botucatu.html

Estado concede licença prévia para represa em Botucatu - JCNET ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA ASSINE O JC EDIÇÃO DIGITAL SEGUNDA-FEIRA Bauru e grande região - Quarta-feira, 20 de junho de 2018 máx. 28° / min. 16° 13/06/2018 07:00 - Regional Estado concede licença prévia para represa em Botucatu Segundo a prefeitura, o próximo passo é a captação de recursos, no valor de R$ 50 milhões, para que a obra possa ser viabilizada Lilian Grasiela Tweet Divulgação Barragem do Rio Pardo será construída na região da Cachoeira Véu da Noiva; mapa mostra a área que será alagada  A Prefeitura de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) recebeu a licença prévia da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) para a construção da Barragem do Rio Pardo, obra que tem como objetivo evitar que o município sofra no futuro com problemas de desabastecimento de água. A autorização, concedida pela diretoria de Avaliação de Impacto Ambiental, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) da última sexta-feira (8) e tem validade de cinco anos. Segundo o Executivo, o próximo passo é a captação de recursos para a execução da obra, orçada em pouco mais de R$ 50 milhões. A construção da barragem foi anunciada pelo prefeito Mário Pardini (PSDB) em junho do ano passado. Na ocasião, ele lembrou da crise hídrica que o estado enfrentou entre os anos de 2014 e 2015, enquanto era superintendente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em Botucatu. Em fevereiro, o município recebeu de empresa da cidade a doação de dois dos 14 lotes que precisarão ser desapropriados para instalação da represa. O prefeito já visitou a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Sabesp, Centro Nacional de Arqueologia em Brasília e Ministério das Cidades visando agilizar o processo de liberação ambiental. O PROJETO A represa ficará nove quilômetros à montante da Represa do Mandacaru, acima da Cachoeira Véu da Noiva. Seu volume total de reservação será de 7,7 milhões de metros cúbicos e sua área chegará a 319 hectares, sendo 164 de Área de Proteção Permanente (APP). Somente a barragem terá 600 metros de extensão, com profundidade que varia entre 15 e 20 metros. Segundo a prefeitura, a obra garantirá a autossuficiência no abastecimento de Botucatu nas próximas décadas. O projeto prevê vazão de 1.000 litros por segundo. Hoje, a capacidade média atual de produção do Rio Pardo é de 500 litros por segundo. Para se ter ideia, a Mais notícias em Regional 20/06/18 - Pedágio: cabine de cobrança eletrônica não terá cancela20/06/18 - Mãe e filho ficam feridos após capotamento em Lençóis Paulista20/06/18 - Botucatu inicia segunda etapa da revitalização da Amando de Barros; obras vão até outubro20/06/18 - Vicinal Lauro Peraçoli não será interditada20/06/18 - Governador entrega novo Terminal Rodoviário em Lençóis Paulista publicidade As Mais Compartilhadas no Face Projeto Cidade Promoções e Eventos (SF) © Copyright 2018 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP
... ++ Mais

TAGS:

Estado concede licença prévia para represa Botucatu JCNET ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA ASSINE EDIÇÃO DIGITAL SEGUNDA-FEIRA Bauru grande região Quarta-feira junho 2018 máx. 28° min. 16° 13/06/2018 07:00 Regional Estado concede licença prévia para represa Botucatu Segundo prefeitura próximo passo captação recursos valor milhões para obra possa viabilizada Lilian Grasiela Tweet Divulgação Barragem Pardo será construída região Cachoeira Véu Noiva; mapa mostra área será alagada  Prefeitura Botucatu (100 quilômetros Bauru) recebeu licença prévia Companhia Ambiental Estado São Paulo (Cetesb) para construção Barragem Pardo obra como objetivo evitar município sofra futuro problemas desabastecimento água. autorização concedida pela diretoria Avaliação Impacto Ambiental publicada Diário Oficial Estado (DOE) última sexta-feira validade cinco anos. Segundo Executivo próximo passo é captação recursos para execução obra orçada pouco mais milhões. construção barragem anunciada pelo prefeito Mário Pardini (PSDB) junho passado. ocasião lembrou crise hídrica estado enfrentou entre anos 2014 2015 enquanto superintendente Companhia Sanea

HTML Box Comentário está carregando comentários ...