Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

Ecwnwmia Pib Regional 039 Atropela 039 O Do Estado


Fonte: correio.rac.com.br/_conteudo/2018/04/campinas_e_rmc/545491-pib-regional-atropela-o-do-estado.html

PIB regional 'atropela' o do Estado --> terça-feira, 17 de abril de 2018 CONECTADO terça-feira, 17 de abril de 2018 Jornal do Dia Publicidade ECONOMIA PIB regional 'atropela' o do Estado Publicado 17/04/2018 - 07h32 - Atualizado 17/04/2018 - 07h32 Por Maria Teresa Costa Cedoc/RAC Distrito industrial de Vinhedo: região administrativa de Campinas registrou um crescimento que foi quase o dobro do atingido pelo Estado de SP O Produto Interno Bruto (PIB) da região administrativa de Campinas cresceu 3,1% em 2017 em relação ao ano anterior, segundo os dados do PIB Regional divulgados ontem pela Fundação Seade. O crescimento está 93,7% acima do desempenho alcançado pela economia paulista no mesmo período, que foi de 1,6% e que confirmou o fim da recessão estadual, que perdurou pelos três anos anteriores, segundo a Fundação. A produção de riquezas na região de Campinas foi de R$ 371,8 bilhões, o equivalente a 17,8% do PIB paulista e o quarto melhor desempenho no Estado - abaixo apenas das regiões de Marília, com 5,9%, Sorocaba com 5,6% e Baixada Santista, com 3,5%. Na região, formada por 82 municípios, o crescimento no ano foi puxado pela indústria, que cresceu 5,6% e a agropecuária, com 5,8%. Os serviços cresceram 1,5%. Para o economista e consultor de investimentos José Roberto Alencar, o setor de Serviços não cresceu tanto quanto deveria, mas a agropecuária conseguiu forte expansão, apesar de na economia regional ela não ter grande participação. “No entanto, temos uma grande indústria de agronegócio, que impulsionou o crescimento do PIB, junto com a indústria”, afirmou. E se a reforma da Previdência tivesse ocorrido como pensada inicialmente, o impacto no crescimento do PIB teria sido ainda maior, disse. Pela ótica do desempenho regional dos grandes setores de atividade, a expansão da indústria no Estado (1,3%) refletiu-se em nove das 16 regiões, segundo a Fundação. Por seu peso na indústria paulista, destaca-se o forte avanço nas regiões de Sorocaba (9,5%) e Campinas (5,6%). Na região oeste, sobressaíram Marília (5,5%) e São José do Rio Preto (3,0%), enquanto no litoral ressaltam-se os desempenhos da indústria nas regiões de Santos (5,7%) e de Registro (13,3%). A queda da atividade agropecuária no Estado (-0,3%) refletiu-se em 12 das 16 regiões, principalmente nas áreas onde a cana-de-açúcar cumpre importante papel nas cadeias produtivas regionais, com destaque para as regiões de Franca (-12,7%), Bauru (-5,9%), Araçatuba (-3,7%), Presidente Prudente e Barretos (ambas com-3,2%) e Marília (-1,9%). As regiões com desempenho positivo, mesmo com a presença da cana-de-açúcar, possuem culturas mais diversificadas, tais como Campinas (5,8%), Itapeva (3,7%) e Sorocaba (1,2%), informa a Seade. Serviços O setor de serviços, cujos segmentos vêm aumentando sua importância em praticamente todas as regiões paulistas, cresceu 1,6% no Estado e em 15 das 16 regiões administrativas. Entretanto, informa a Fundação, o ritmo de crescimento dessa atividade foi desigual no território do Estado: a Região Metropolitana de São Paulo, que concentra 58,7% da atividade no Estado, teve aumento abaixo da média estadual (1,6%), enquanto as s de Marília (6,2%), São José dos Campos (5,4%), Barretos (3,6%), Sorocaba (3,5%), Registro (2,9%), Santos (2,6%) e Central (2,3%) apresentam desempenho acima dessa média. Campinas, com 1,5%, ficou abaixo na média estadual. A Fundação Seade explica que a atual série do PIB Regional revisa aquela divulgada até o segundo trimestre de 2017. De acordo com o calendário de atualização do PIB do Estado de São Paulo, as estimativas divulgadas para o terceiro trimestre corrigem as séries econômicas e adotam os resultados do PIB dos Municípios 2015.
... ++ Mais

TAGS:

regional atropela Estado terça-feira abril 2018 CONECTADO terça-feira abril 2018 Jornal Publicidade ECONOMIA regional atropela Estado Publicado 17/04/2018 07h32 Atualizado 17/04/2018 07h32 Maria Teresa Costa Cedoc/RAC Distrito industrial Vinhedo: região administrativa Campinas registrou crescimento

HTML Box Comentário está carregando comentários ...