Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

18 Criterios Para Escolher O Melhor Software Juridico


Fonte: www.migalhas.com.br/dePeso/16,MI280143,51045-18+criterios+para+escolher+o+melhor+software+juridico

18 critérios para escolher o melhor software jurídico - Migalhas de Peso página inicial migalhas de peso 18 critérios para escolher o melhor software jurídico Sexta-feira, 25 de maio de 2018 Cadastre-se Fale Conosco ISSN 1983-392X 18 critérios para escolher o melhor software jurídico Tiago Fachini Em 2017, falou-se muito em inteligência artificial, automatização de processos, e cultura digital. Garanta que em 2018 seu escritório continue alinhado às tendências e leve isso em consideração ao adotar um software jurídico. quarta-feira, 16 de maio de 2018 Escolher o melhor software jurídico é uma atividade que demanda tempo e carinho na análise comparativa para que você tenha, ao final do processo, um software que realmente atenda às necessidades do escritório de advocacia. Em 2017, falou-se muito em inteligência artificial, automatização de processos, e cultura digital. Garanta que em 2018 seu escritório continue alinhado às tendências e leve isso em consideração ao adotar um software jurídico. Neste conteúdo, serão apresentados alguns critérios nos quais você pode se basear para escolher o melhor software jurídico para o seu negócio: Como escolher o melhor software jurídico: 1. Use uma planilha comparativa As funcionalidades, os módulos e até as propostas comerciais dos concorrentes costumam ser bastante diferentes entre si, dificultando o processo de comparação de benefícios e funcionalidades. Ao saber o que você está contratando, você aumenta sua satisfação e diminui suas chances de frustração. Criamos para você um meio fácil de chegar à conclusão de qual o melhor software jurídico. Confira nossa tabela em Excel para ficar fácil sua interação, mas você também pode imprimi-lo e preenchê-lo enquanto faz a pesquisa. Faça o download. O melhor software jurídico é aquele que se encaixa mais adequadamente em sua rotina, atendendo as demandas específicas do seu escritório ou departamento jurídico corporativo. Conheça o ProJuris para escritórios e o ProJuris para empresas e automatize seu trabalho. 2. Trace suas maiores dores Como um software para advogados vai agregar valor à sua rotina? Como ele auxiliará seu escritório no dia a dia? Para responder a essas perguntas, é necessário entender quais as dificuldades que levarão seu negócio a necessitar de um auxílio ferramental. Organize suas dores de acordo com a urgência em um documento. Por exemplo: 3. Tenha objetivos claros Por que sua empresa ou seu escritório deseja contratar um software jurídico? Controlar processos? Controlar documentação? Controlar contratos de seus clientes ou fornecedores? Ao definir sua real necessidade você define o real objetivo da contratação e, consequentemente, aumenta seus argumentos para seleção do software realmente ideal para você. Ao definir seu objetivo claramente você poderá contratar exatamente o que precisa e diminuir custos de funcionalidades e módulos que não lhe atendem por completo suas necessidades ou não estão diretamente relacionados com seu objetivo principal. 4. Defina funcionalidades essenciais do software jurídico Você faz questão que o módulo de controle de horas de trabalho/timesheet tenha integração com um módulo financeiro para que você possa emitir uma fatura diretamente para seu cliente? Quais outras funcionalidades você está disposto a aceitar ou buscar nestes concorrentes? Defina quais itens você precisa, quais você deseja e quais são imprescindíveis para o desenvolvimento de determinada tarefa. Esta dica complementa a dica anterior e é de extrema importância haja visto que diversos módulos e funcionalidades podem possuir valores diferenciados quando adotados juntos ou em separado, portanto a prévia definição de sua correlação é essencial para otimização de seu tempo e de sua verba. Além disso, busque entender os diferenciais de marcado do software. Por exemplo, o ProJuris permite o pré-cadastro gratuito de processos. Para o consultor Gustavo Rocha, CEO da Gustavorocha.com – Gestão, tecnologia e marketing estratégicos, há 6 elementos essenciais em um software jurídico. “Penso que um software jurídico deve ter hoje pelo menos 6 elementos integradores entre si: cadastro de processos; cadastro de pessoas; módulo agenda; publicações e notas de expediente; relatórios de processos e agenda; gestão eletrônica de documentos.” 5. Escolha uma forma de cobrança Como você deseja ser cobrado pelo produto/serviço que está contratando? Você prefere pagar um valor mensal para usar o software ou prefere comprar a licença do mesmo de uma só vez? A definição ou, no mínimo a noção, da forma de pagamento ideal é essencial na escolha de um fornecedor. O mercado de software costuma oferecer duas principais formas de pagamento: A maioria dos fornecedores possui sua própria forma de cobrar por seus produtos e serviços o que, em alguns casos, pode dificultar a contratação e manutenção do software jurídico em sua realidade. 6. Consulte outros clientes satisfeitos O que outras pessoas que já utilizam o software estão falando dele? Será que ele está atendendo bem ou mal as expectativas destes clientes? Antes de confirmar sua compra, procure consultar clientes deste software e comparar a necessidades deles com a sua e, principalmente a opinião deles sobre o software jurídico em questão. Este tipo de pesquisa prévia costuma ajudar muito na percepção de valor e ajudar na negociação do mesmo já que clientes bem atendidos costumam ser um sinal prévio de que você também será bem
... ++ Mais

TAGS:

critérios para escolher melhor software jurídico Migalhas Peso página inicial migalhas peso critérios para escolher melhor software jurídico Sexta-feira maio 2018 Cadastre-se Fale Conosco ISSN 1983-392X critérios para escolher melhor software jurídico Tiago Fachini 2017 falou-se muito inteligência artificial automatização processos cultura digital. Garanta 2018 escritório continue alinhado tendências leve isso consideração adotar software jurídico. quarta-feira maio 2018 Escolher melhor software jurídico atividade demanda tempo carinho análise comparativa para você tenha final processo software realmente atenda necessidades escritório advocacia. 2017 falou-se muito inteligência artificial automatização processos cultura digital. Garanta 2018 escritório continue alinhado tendências leve isso consideração adotar software jurídico. Neste conteúdo serão apresentados alguns critérios quais você pode basear para escolher melhor software jurídico para negócio: Como escolher melhor software jurídico: planilha comparativa funcionalidades módulos até propostas comerciais concorrentes costumam bastante diferentes entre dificultando processo comparação benefícios funcionalidades. saber você está contratando você aumenta satisfação diminui suas chances frustração. Criamos para você meio fácil chegar conclusão qual melhor software jurídico.

HTML Box Comentário está carregando comentários ...