Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

Ha Menos Startups De Hardware A Candidatar Se A Ajuda Da Edp Andldquo E A Andlsquo Uberizacaoandrsquo Da Energiaandrdquo


Fonte: jornaleconomico.sapo.pt/noticias/ha-menos-startups-de-hardware-a-candidatar-se-a-ajuda-da-edp-e-a-uberizacao-da-energia-354116

Há menos startups de hardware a candidatar-se à ajuda da EDP: “É a ‘uberização’ da energia” – O Jornal Económico Costa estima aumento de 40% do investimento público em 2018 Sagres vai patrocinar o túnel que liga o campus da Nova SBE à praia Respostas Rápidas: Acusações de assédio podem impedir Kavanaugh de chegar ao Supremo? PS propõe baixar em 25% taxa autónoma de IRS para rendas acima dos cinco anos Não é “oportuno” discutir existência da PJ Militar, garante ministra da Justiça ANA-Aeroportos de Portugal recebeu “manifestações de interesse” para operações no Montijo Costa estima aumento de 40% do investimento público em 2018 Taxis: Comissão parlamentar de Economia aprova audição de ministro do Ambiente Ryanair estima 150 voos cancelados para esta sexta-feira Jerónimo Martins compra lojas a concorrente polaca ANA-Aeroportos de Portugal recebeu “manifestações de interesse” para operações no Montijo Cavaco Silva e Fátima Barros recebem título de sócios honorários da APDC PSI 20 negoceia ‘flat’ e reflete Europa indefinida à espera das decisões da Fed Fed: terceira subida dos juros é dada como certa, novidade poderá residir nas projeções Bolsa de Lisboa acompanha uma Europa em queda ligeira Barómetro dos mercados a meio da semana Três advogados reforçam equipa jurídica do SL Benfica Ordem dos Advogados propõe quotas mais baixas e novo escalão para mais novos Ordem dos Advogados propõe redução de quotas em 2019 Sonae pretende colocar 25% do negócio do retalho em bolsa João Lourenço aprova programa de reestruturação da Sonangol Santander nomea Andrea Orcel como novo CEO Prisão de Filomeno dos Santos é “passo simbólico importante” em Angola, diz a Fitch Respostas Rápidas: Acusações de assédio podem impedir Kavanaugh de chegar ao Supremo? “Ele deu uma facada e rodou. Para matar, mesmo”. Bolsonaro fala pela primeira vez depois do ataque Veja aqui o programa “Decisores” desta semana, com Pedro Santa Clara, responsável pelo novo campus da Nova SBE Bilionário e apreciador de arte: quem é o primeiro passageiro do SpaceX? Crise na Venezuela gera êxodo em massa na América Latina Ricardo Leite Pinto, Professor Universitário O génio da bola que não gostava de marcar golos Gonçalo Faria, Open Innovation Program Director, Beta-i A nova era da inovação em colaboração Adelino Costa Matos, Presidente da ANJE Por uma semana da moda nacional João Barros, Economista Formulados da cabeça Dezenas em Serralves para exigir a demissão do Conselho de Administração MAAT celebra segundo aniversário com entrada gratuita Vai ter uma apresentação importante? Saiba como criar slideshows rapidamente Veja aqui os vencedores dos Emmy Edições+ Jornal EconómicoExplorarSecções+ SecçõesSobreEmpresasStartUp MagazineHá menos startups de hardware a candidatar-se à ajuda da EDP: “É a ‘uberização’ da energia” Mariana Bandeira 13 Setembro 2018, 09:39A taxa de sucesso das startups incubadas pela energética é de 60%. Em entrevista ao Jornal Económico, o administrador da EDP Luís Manuel e a responsável pela incubadora do grupo contam como funciona a relação de simbiose entre estas organizações, de onde obtiveram retorno de investimento e de que forma a ‘tecnologia limpa’ se alterou desde 2010. Cristina Bernardo Ler mais Desde que nasceu, em 2012, a EDP Starter soma 34 startups incubadas, que desenvolveram no total 27 projetos-pilotos, geraram receitas na ordem dos 40 milhões de euros e criaram aproximadamente três centenas de postos de trabalho. A EGG Electronics, a Feedzai, a Beon, a Glartek ou a Whitesmith são cinco casos de empresas que vingaram – e que contribuem para que a taxa de sucesso dos jovens negócios que ali ganham fôlego seja de 60%.Há cinco anos à frente da EDP Starter, Carla Pimenta tem assistido de perto a uma tendência crescente para a digitalização do setor energético. “Antes recebíamos muitas mais candidaturas de startups de hardware e hoje em dia cada vez menos. É o que nós chamamos a ‘uberização’ do setor. É mais fácil de escalar e internacionalizar quando não há grande peso de ativos e capex”, explica ao Jornal Económico.Luís Manuel, administrador da EDP Inovação, garante que não é só para o software que a empresa olha quando procura novidades nos modelos de negócios energéticos. “Às vezes é um bocadinho desanimador para empresas que estão mais no hardware quando veem o grosso dos apoios a serem canalizados para software”, confessa. Segundo o porta-voz da EDP, até 2010, o setor do clean tech cingia-se sobretudo aos equipamentos físicos, acabando por se digitalizar. “Hoje em dia quase que é um requisito poder controlar as coisas através de um smartphone. A partir daí, o hardware agrega quase sempre uma componente de software”, sublinha Carla. A energética abre os braços a empresas com tecnologias e/ou modelos de negócio inovadores, que se adequam à sua estratégia de inovação. O programa disponibiliza ferramentas necessárias para gás ao novo negócio, nomeadamente um local de trabalho a custo zero, maior facilidade de networking e apoios menos dispendiosos a nível jurídico e fiscal, por exemplo. No entanto, as startups têm de estar prontas a desenvolver projetos-piloto e testarem os seus produtos em ativos da EDP. Atualmente trabalham seis no co-work da empresa no LACS (Lisbon Art Center & Studios), em Lisboa. “Fazemos programas próprios de aceleração com princípio, meio e fim, onde escolhemos as melhores. Aquilo que promovemos depois é uma continuidade do relacionamento das startups e o grupo EDP, até porque começam a trabalhar c
... ++ Mais

TAGS:

menos startups hardware candidatar-se ajuda EDP: “É ‘uberização’ energia” Jornal Económico Costa estima aumento investimento público 2018 Sagres patrocinar túnel liga campus Nova praia Respostas Rápidas: Acusações assédio podem impedir Kavanaugh chegar Supremo? propõe baixar taxa autónoma para rendas acima cinco anos Não “oportuno” discutir existência Militar garante ministra Justiça ANA-Aeroportos Portugal recebeu “manifestações interesse” para operações Montijo Costa estima aumento investimento público 2018 Taxis: Comissão parlamentar Economia aprova audição ministro Ambiente Ryanair estima voos cancelados para esta sexta-feira Jerónimo Martins compra lojas concorrente polaca ANA-Aeroportos Portugal recebeu “manifestações interesse” para operações Montijo Cavaco Silva Fátima Barros recebem título sócios honorários APDC negoceia ‘flat’ reflete Europa indefinida espera decisões Fed: terceira subida juros dada como certa novidade poderá residir projeções Bolsa Lisboa acompanha Europa queda ligeira Barómetro mercados meio semana Três advogados reforçam equipa jurídica Benfica Ordem Advogados propõe quotas mais baixas novo escalão para mais novos Ordem Advogados propõe redução quotas 2019 Sonae pretende colocar negócio retalho bolsa João Lourenço aprova programa reestruturação Sonangol Santander nomea Andrea Orcel como novo Prisão Filomeno Santos “passo simbólico importante” Angola Fitch Respostas Rápidas: Acusações

HTML Box Comentário está carregando comentários ...